Ganhar dinheiro é difícil e quando se ganha, não gastar é mais difícil ainda. Mesmo não recebendo ou ganhando pouco, sempre há uma maneira de se economizar. Aumentar a renda é desafiador, ainda mais quando se tem pouco. Isso demanda tempo, esforço e dedicação, coisas que nem sempre conseguimos administrar. Por isso, a solução é entender como poupar no dia a dia.

O segredo para conseguir uma situação financeira mais segura e confortável não é exagerar na contenção de gastos, e sim, ter organização.

Para quem precisa poupar dinheiro sem nem receber, aqui vão 5 dicas muito úteis para conseguir manter sua situação financeira em ordem.

1. Planeje seus gastos

É importante planejar com antecedência seus gastos. Temos muitos compromissos fixos, como os feriados de natal ou aquele aniversário já marcado, além de viagens planejadas a muito tempo. Saber quanto pretende gastar em cada um auxiliará na organização com o orçamento mensal.

Reservas de hotel e compras de passagens com antecedência terão descontos maiores. Desta forma será mais difícil ser pego de surpresa e acabar desembolsando mais do que gostaria. Colocar esses compromissos em uma planilha, junto com seus respectivos gastos previstos é válido para auxiliar no planejamento.

2. Compras à vista

Parcelar é muito tentador, mas as vantagens e descontos que a compra à vista possibilita é um benefício para poupar dinheiro e não ter o seu orçamento comprometido a longo prazo. Nem sempre será possível comprar à vista, eventualmente pode surgir uma emergência que exija um gasto alto repentino. Nessas situações, ficar atento as compras parceladas, as suas respectivas taxas e os eventuais juros do cartão é imprescindível.

3. Descontos e oportunidades

É comum encontrar descontos após datas comemorativas como Natal ou Dia das Mães, quando as maiores vendas para o comércio já passaram.
Após essas datas é quando se pode encontrar maiores oportunidades de adquirir aquilo que precisa por um valor mais acessível. Mas é importante ficar atento e verificar se são realmente descontos e não um valor superfaturado para enganar os consumidores.
Ter paciência e pesquisar os preços dos produtos desejados algumas semanas antes dessas datas e compara-los com os valores atuais das ofertas é uma tática para descobrir se o desconto é real. 

GRUPO WHATSAPP

4. Limites do cartão de crédito

Mesmo que, no Brasil, o cartão de crédito seja uma das principais formas de pagamentos, ele possui as maiores taxas de juros do mundo. Por isso, o mau uso dessa ferramenta pode trazer problemas.
É importante tomar cuidado com o limite do uso do cartão de crédito e não utiliza-lo como extensão de renda. Pesquisar o melhor cartão que se encaixe em seu perfil financeiro também auxilia na organização, hoje em dia há diversos cartões, com menos juros e zero anuidades, por exemplo.
Mas independente do cartão, para evitar perder dinheiro e pagar altas taxas de juros é importante pagar a fatura completa e em dia.

5. Renegociar dívidas

O ideal é pagar as dívidas o mais rápido possível, priorizando as com juros altos. Essa é uma tática para poupar a longo prazo, afinal, quanto mais tempo a dívida ficar ativa, maior será o valor pago.
Uma alternativa para economizar nesses casos é organizar as dívidas para realizar os pagamentos em ordem decrescente aos juros.

Portanto, para poupar dinheiro, é preciso encarar novos desafios, analisando tudo aquilo que gera resultados. Rever seus hábitos para fazer com que o dinheiro seja mais valorizado e usado com inteligência. Poupar não é fácil, mas é um ato fundamental quando temos objetivos e propósitos maiores, além de uma precaução para o futuro. 

COMPARTILHE ESSA VAGA COM AMIGOS: