Ad


Novas 400 oportunidades para pessoas com ensino médio e superior estão abertas no Concurso Conselho Regional de Biomedicina da 3° região – 2022.

As localidades das vagas são Minas Gerais, Tocantins, Goiás, Mato Grosso e Distrito Federal.

Os salários ficam entre R$ 3.850,00 e R$ 1.934,00, com o órgão adicionando ainda diversos benefícios e uma carga de 40 horas por semana.

As vagas abertas no CRB 3 são:

  • Auxiliar administrativo
  • Jornalista
  • Assistente administrativo
  • Fiscal biomédico

Requisitos Concurso Conselho Regional de Biomedicina 3

Os candidatos a trabalhar no Conselho Regional de Biomedicina precisam não ter pendências com o serviço militar.

Além disso ser maiores de idade e de ter diploma de ensino superior reconhecido pelo Ministério da Educação.

Registre-se para receber novas oportunidades!

Também é preciso que os inscritos tenham o título eleitoral em dia e que tenham bom aproveitamento em todas as etapas do certame.

Etapas Concurso

A banca organizadora, que é o Instituto Quadrix, está preparando a prova de múltipla escolha para 24 de abril.

Além disso, o concurso também tem etapas como avaliação médica e a prova de títulos.

Entretanto, somente quem for aprovado nas provas do dia 24 de abril poderá participar das etapas seguintes do certame.

Então, isso significa ter acertado, no mínimo, 50% das perguntas da prova.

Edital Concurso

O edital completo do concurso pode ser lido no site do Instituto Quadrix, que é o http://www.quadrix.org.br/todos-os-concursos/inscricoes-abertas/crbm3-2022.aspx.

Dessa forma, clicando em “Acesso do candidato”, é possível ver detalhes como o local de aplicação da prova.

Inscrição Concurso Conselho Regional de Biomedicina 3

É possível se inscrever no site do Instituto Quadrix até 14 de março e a taxa de participação pode ser de R$ 58 ou de R$ 52.

Sendo assim, o valor mais caro para os cargos de ensino superior.

Contudo, basta provar baixa renda para ter dispensada de pagamento da taxa pelo Instituto Quadrix.

Em suma, uma das exigências é comprovar que a família está inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico).